Saiba como organizar as marmitas para a semana toda

Saiba como organizar as marmitas para a semana toda

Para quem está seguindo um planejamento alimentar, comer na rua pode ser um grande risco uma alimentação saudável. Mesmo evitando as grandes tentações e escolhendo apenas alimentos saudáveis para colocar no prato, é difícil saber como aquela comida foi preparada e se conta com grandes quantidades de sal ou de óleo, por exemplo. Para evitar esses problemas, a melhor solução é se organizar e levar marmitas para onde precisar.

Organize seu dia a dia e planeje sua alimentação

Para começar, organize sua rotina diária e defina quantas e quais refeições precisarão ser realizadas fora de casa. Leve em consideração também as condições de conservação da refeição no ambiente onde estiver. Por exemplo, no seu escritório tem geladeira para guardar a comida? E microondas para esquentá-la? Com estes detalhes, será possível planejar quantas marmitas devem ser preparadas e o que levar em cada uma delas.

O preparo dos alimentos é o momento em que é possível usar a criatividade para deixar as refeições muito mais interessantes e saborosas, passando bem longe daquele filé de frango com salada básico que costuma ser escolhido no restaurante. Conheça os seus gostos, mas não se prive de experimentar nada. O ideal é que as marmitas sejam sempre variadas, para que a alimentação não caia na monotonia e te faça desistir dos seus objetivos.

Compras e preparo dos alimentos devem se adequar a sua rotina

A rotina do preparo da marmita deve se adequar ao seu dia a dia. Caso prefira alimentos mais fresquinhos, cozinhe na noite anterior. Já se optar por mais praticidade, faça tudo de uma vez no dia da semana em que estiver mais livre. A ordem é se planejar para não cair em suas próprias armadilhas e acabar comendo besteiras na rua. O mesmo vale para a ida ao supermercado, evite ir como fome e leve sempre uma lista, o que diminui a chance de compra de alimentos não necessários para sua alimentação.

Depois que a comida estiver pronta, separe-a na quantidade adequada ao seu plano alimentar em pequenos potes, de preferência de vidro, para a semana toda. Espere esfriar completamente e, então, tampe. A geladeira conserva bem os alimentos durante dois dias, então, as marmitas que serão consumidas depois desse tempo devem ir ao freezer e ser retiradas na noite anterior. Apenas a salada não pode ser congelada. Para transportar, aposte na bolsa térmica.

Sobre Fernanda Mululo

Nutricionista clínica pós-graduada em nutrição funcional e fitoterapia. Atua no atendimento exclusivo e individualizado a pacientes com diversas necessidades e objetivos. Desde de sua formação trabalha com mulheres portadoras de endometriose e em pré e pós operatório de cirurgias diversas. Nutricionista Staff do Hospital Universitário Pedro (HUPE/UERJ) na área materno infantil, trabalha também em parceria com clínica de estética e com equipe de gastroenterologista no tratamento de pacientes com Doença Inflamatória Intestinal. Dedica total atenção aos pacientes, permitindo a troca de experiências para o avanço no tratamento ou na mudança do estilo de vida.
CRN 11100927 www.fernandamululo.com.br

Compartilhe !