Nutrição para gestantes: dicas sobre alimentação saudável durante a gestação

Nutrição para gestantes: dicas sobre alimentação saudável durante a gestação

A ideia de que é necessário comer por dois durante a gestação já está mais do que ultrapassada. Afinal, uma alimentação equilibrada é fundamental tanto para a saúde da mãe quanto para o desenvolvimento do bebê.

No entanto, muito além das escolhas saudáveis, o cardápio da gestante deve conter nutrientes específicos para cada período da gravidez, por isso, a importância do acompanhamento profissional especializado.

A ideia de que é necessário comer por dois durante a gestação já está mais do que ultrapassada. Afinal, uma alimentação equilibrada é fundamental tanto para a saúde da mãe quanto para o desenvolvimento do bebê.

No entanto, muito além das escolhas saudáveis, o cardápio da gestante deve conter nutrientes específicos para cada período da gravidez, por isso, a importância do acompanhamento profissional especializado.

Gestantes devem receber acompanhamento nutricional

Ganhar peso durante a gestação é absolutamente normal. Ou seja, nada de pensar em dietas restritivas neste momento. Porém, este aumento deve ser controlado, visto que o excesso pode acarretar em prejuízos para a futura mamãe.

O ganho de peso adequado varia em torno de 1,5 a 2 kg no primeiro trimestre com adicional de 1,5 a 2 kg para cada mês até o final da gravidez, totalizando entre 7 e 15 kg a mais.

O ideal é que haja um equilíbrio entre todos os grupos alimentares ao longo dos nove meses de gestação. Contudo, a cada trimestre, o consumo de determinados nutrientes deve ser reforçado para atender as demandas do organismo da gestante e é aí que entra o trabalho da nutricionista, que saberá deixar a alimentação balanceada para cada período. Confira o que consumir em cada fase da gravidez.

Primeiro trimestre da gestação:

Ácido fólico (Vitamina B9): Este é o nutriente mais indicado pelos médicos para grávidas e até mesmo para mulheres que desejam engravidar, pois sua ingestão previne defeitos na formação do tubo neural do feto, a estrutura que dá origem ao cérebro e à medula espinhal. Também pode ser encontrado em forma de suplemento.

Segundo trimestre da gestação:

Vitamina C: A substância atua diretamente na formação do colágeno, por isso, é essencial para formação de pele, vasos sanguíneos, ossos e cartilagem, além de auxiliar na absorção do ferro e fortalecer o sistema imunológico.

  • Magnésio: O mineral é importante para a formação e o crescimento dos tecidos do corpo.
  • Vitamina B6: O nutriente contribui para o crescimento e o ganho de pelo do feto, e ainda é um aliado na prevenção à depressão pós-parto.
  • Ferro: A substância é fundamental para a produção de hemoglobina, a proteína responsável pelo transporte de oxigênio pelo sangue e também ajuda a combater a anemia na mãe e no bebê.

Terceiro trimestre da gestação:

Cálcio: O mineral tem papel essencial na formação óssea do bebê e sua deficiência pode acarretar em cáries, cãibras e unhas quebradiças.

O nutriente ainda tem a função de auxiliar na produção do leite materno, no processo de coagulação do sangue e na boa manutenção da pressão sanguínea, dos batimentos cardíacos e das contrações musculares.

Sobre Fernanda Mululo

Nutricionista clínica pós-graduada em nutrição funcional e fitoterapia. Atua no atendimento exclusivo e individualizado a pacientes com diversas necessidades e objetivos. Desde de sua formação trabalha com mulheres portadoras de endometriose e em pré e pós operatório de cirurgias diversas. Nutricionista Staff do Hospital Universitário Pedro (HUPE/UERJ) na área materno infantil, trabalha também em parceria com clínica de estética e com equipe de gastroenterologista no tratamento de pacientes com Doença Inflamatória Intestinal. Dedica total atenção aos pacientes, permitindo a troca de experiências para o avanço no tratamento ou na mudança do estilo de vida.
CRN 11100927 www.fernandamululo.com.br

Compartilhe !