Inflamação: saiba quais são os alimentos anti-inflamatórios

Inflamação: saiba quais são os alimentos anti-inflamatórios

A inflamação aguda ou fisiológica é uma resposta benéfica do organismo ao dano tecidual, algum nível de inflamação no nosso corpo é essencial para combater contra agentes agressores.

O processo de inflamação é ativada na presença de infecções virais ou bacterianas, mas também na presença de outras substâncias estranhas ao organismo, incluindo toxinas, compostos químicos tóxicos, proteínas alimentares mal digeridas, poluentes ambientais, aditivos químicos, entre outros.

Na presença de um ou mais destes agentes infamatórios nosso sistema imunológico envia as células brancas do sangue e outros mensageiros químicos para proteger o nosso corpo contra estas substâncias. A inflamação é um efeito amigo do nosso corpo, pois ela luta pela nossa proteção.

A diferença entre a inflamação que protege nosso corpo e a “inflamação disfuncional” é que neste segundo tipo, as células brancas do sangue e outros compostos não diminuem quando a ameaça é extinta. O sistema imunológico permanece em exaustão, os revestimentos das células sanguíneas são corroídos, os tecidos saudáveis são danificados, podendo assim desencadear uma serie de patologias.

O que causa a inflamação?

Vivemos hoje em um ambiente repleto de fatores inflamatórios que podem debilitar nosso sistema imunológico. Entre eles podemos citar o habito de fumar, sono inadequado, falta de atividade física, estresse, alimentação pobre em nutrientes, poluição ambiental, migrantes de embalagens presentes em recipientes plásticos, de alumínio e ferro, e muitos outros. A alimentação é um dos grandes fatores responsáveis pela inflamação e também pode ser o melhor remédio para curá-la.

Muitos alimentos já foram classificados como pró-inflamatórios, pois desencadeiam a resposta inflamatória no nosso organismo. Dentre eles encontramos os açúcares refinados, gorduras hidrogenadas (trans), gordura saturada (de origem animal), proteínas alergênicas mal digeridas (como gluten e lactose), produtos industrializados ricos em aditivos químicos, agrotóxicos alimentares, entre outros.

Devemos diminuir o consumo desses alimentos causadores de inflamação e ainda, incluir na alimentação diária alimentos que possuem nutrientes capazes de neutralizar a inflamação.

Melhores alimentos anti-inflamatórios

Os melhores alimentos anti-inflamatórios são:

Frutas vermelhas e roxas como mirtilo, uva, framboesa, amora, açaí, romã e tomate. Elas possuem propriedades quimiopreventivas, antioxidantes, antiplaquetárias, antifúngicas, cardioprotetoras.

Peixes de águas frias e profundas como o salmão e a sardinha, sementes como linhaça, chia, nozes, amêndoas, macadamia e castanhas. Estes alimentos são ricos em ácidos graxos poli-insaturados, vitaminas e minerais.

Gengibre, além de sua propriedade anti-inflamatória ele ainda e’ antioxidante e antimicrobiano. E’ rico em vitamina B6, potássio, magnésio e cobre

Chá verde. Este chá é rico em catequinas, que atuam também na modulação do gasto energético, acelerando nosso metabolismo.

Pimenta vermelha. Rica em capsaicina que desempenha um papel de proteção ao sistema cardiovascular, alem de ser um pontecializador de metabolismo.

Farelo de aveia. Além de fibras, contém beta-glucanas que auxiliam na manutenção da saúde intestinal.

Ervas, condimentos e especiarias, especialmente a cúrcuma (açafrão), canela, alho, pimenta preta e orégano. Possuem compostos bioativos, função antioxidante e anti-inflamatória.

Frutas e verduras em geral que são ricas em quercetina, um potente anti-inflamatório e antioxidante encontrado principalmente nas cascas e sementes.

Sobre Tainara Gobetti

Nutricionista Especialista em Nutrição Clínica Personalizada, acredita em uma nutrição descomplicada, funcional e gostosa. Atua através de um olhar específico sobre cada pessoa, suas individualidades e comportamento alimentar para a busca do equilíbrio entre mente e corpo saudável.
CRN: 10820
E-mail: [email protected]

Compartilhe !