Frutas no cardápio diário e seus benefícios

Frutas no cardápio diário e seus benefícios

O consumo de frutas exerce papel fundamental na promoção e na manutenção da saúde, sendo essencial para uma melhor qualidade de vida. Entretanto, muitas pessoas possuem baixo consumo deste alimento, o que pode aumentar o risco de desenvolver doenças como obesidade, pressão alta, diabetes, câncer, constipação (prisão de ventre), entre outras.

O Brasil possui uma enorme variedade de frutas, que pode ser mais bem explorado na nossa cozinha e na nossa mesa.

Três a cinco porções de frutas, legumes e verduras por dia

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) devemos consumir-se diariamente entre três a cinco porções de frutas, legumes e verduras por dia dependendo das necessidades de cada pessoa. É importante consumir diferentes tipos de fruta, não somente uma ou duas variedades, quanto mais variado mais se aproveita diferentes fontes de vitaminas e minerais.

A fruta é uma peça fundamental numa alimentação saudável, pois fornecem vitaminas, minerais (como potássio, zinco, cálcio, magnésio, vitamina C, complexo B etc.), além de hidratarem e de fornecerem fibras para o bom funcionamento do organismo. Elas contém fibras solúveis que ajudam na sensação de saciedade e e a equilibrar a absorção de açúcar e gordura e não solúveis, que participa do bom funcionamento do intestino que ajudam na formação de uma boa flora intestinal.

Tire um bom proveito de cada fruta

Abacate: Fruta é rica em ácido oleico, que tem ação benéfica no coração, reduzindo os níveis de colesterol e pressão arterial. O abacate é rico em um aminoácido chamado triptofano que no cérebro, é convertido em serotonina que ajuda a regularizar o sono. Além de ser rico em vitamina E, um antioxidante que ajuda a proteger as membranas das células da pele contra danos.

Abacaxi: Rico em água e fibras. Contém uma enzima chamada bromelina que ajuda na digestão das proteínas. Possui leve ação diurética.

Açaí: Melhora a circulação sanguínea, auxilia na redução e controle do colesterol. Rico em antioxidantes que neutralizam a ação dos radicais livres no organismo, prevenindo o envelhecimento precoce e certos tipos de doenças.

Manga: Tem boas quantidades de Vitamina A (betacaroteno) e C, dois protetores da firmeza e tonicidade da pele, além de ter silício, mineral que dá estrutura a pele, cabelo, músculos, ossos e dentes, sendo fundamental para a formação de colágeno.

Mamão: É fonte de carotenóides, como o betacaroteno, potente antioxidante, protege a pele e a saúde dos olhos, tendo ação benéfica sobre os quadros de catarata. É rica em fibra com ação ótima para o intestino.

Maçã: Riquíssima em fibras, principalmente a solúvel (pectina) que ajuda a regularizar os níveis de colesterol, já que ajuda na sua eliminação no sistema digestivo. Contém um componente chamado quercetina, importante composto antiinflamatório, e anti-histamínico (antialérgico).

Banana: Ótima fonte de potássio, ajuda a regular a pressão arterial e é rica em vitaminas do complexo B e C. A banana verde tem amido resistente, que aumenta a sensação de saciedade e faz o intestino funcionar melhor, portanto o organismo libera menos insulina no sangue. Além disso, a banana é rica em um aminoácido chamado triptofano, que no cérebro é convertido em serotonina que ajuda a regularizar o sono.

Melancia: Rica em licopeno, a melancia é uma das frutas que mais contém água e vitaminas do complexo A e B, o licopeno é importante para proteção contra câncer de próstata.

Uva: Pode reduzir o risco de doenças cardiovasculares por ação do resveratrol, e contêm substâncias que combatem coágulos e inflamações. A uva contém compostos que ajudam a regularizar a pressão.

Laranja: Além de ser conhecida pelo alto teor em vitamina C, a laranja também é rica em diversos compostos anticancerígenos.

Sendo assim, devemos incluir no cardápio diário diferentes frutas, claro que de forma individualizada para cada pessoa. Não esquecendo que o excesso de qualquer alimento é prejudicial, assim como as frutas em excesso, essas são fontes de frutose, açúcar da fruta, que em grandes quantidades podem aumentar a formação de triglicerídeos (gordura do sangue) e se acumular ou dependendo da quantidade consumida podem prejudicar a perda de peso.

Prefira sempre consumir a fruta inteira (ao invés do suco) por conter mais fibras, como também frutas da safra e orgânicas, e de produção regional já que vão conter mais nutrientes e menos agrotóxicos. Evite substituir grandes refeições por somente o consumo de fruta, pois todos os alimentos são importantes para o equilíbrio alimentar.

Sobre Fernanda Mululo

Nutricionista clínica pós-graduada em nutrição funcional e fitoterapia. Atua no atendimento exclusivo e individualizado a pacientes com diversas necessidades e objetivos. Desde de sua formação trabalha com mulheres portadoras de endometriose e em pré e pós operatório de cirurgias diversas. Nutricionista Staff do Hospital Universitário Pedro (HUPE/UERJ) na área materno infantil, trabalha também em parceria com clínica de estética e com equipe de gastroenterologista no tratamento de pacientes com Doença Inflamatória Intestinal. Dedica total atenção aos pacientes, permitindo a troca de experiências para o avanço no tratamento ou na mudança do estilo de vida.
CRN 11100927 www.fernandamululo.com.br

Compartilhe !