Dicas para armazenar os alimentos na geladeira

Dicas para armazenar os alimentos na geladeira

Os melhores recipientes para guardar os alimentos na geladeira são os de vidro ou de plástico livre de bisfenol A (substância cancerígena e que pode causar problemas hormonais e cardíacos);

Caso utilize embalagens plásticas para acondicionar alimentos ou bebidas, evite aquelas que tenham os símbolos de reciclagem com os números 3 e 7 no seu interior e na parte posterior da embalagem. Eles indicam que a embalagem contém ou pode conter o bisfenol A na sua composição;

Optar por recipientes que bloqueiem a entrada do ar, com tampas de fácil encaixe;

Verificar se a temperatura do refrigerador está igual ou inferior a 5º Celsius;

Uma dica importante é se possível colocar a data de abertura dos produtos, para lembrar-se do prazo de validade após aberto e não correr o risco de se contaminar;

Atentar para os alimentos que possuem no rótulo “refrigerar após aberto”;

Ovos, frutas e hortaliças não devem ser higienizados antes de armazenar na geladeira, e sim no momento do consumo. Estes devem ser guardados em embalagens que ajudam a evitar ressecamentos e contaminação, como sacos plásticos ou suas próprias caixas de comercialização;

Evitar colocar excesso de alimentos na geladeira, pois o ar precisa circular e refrigerar corretamente os produtos.

Como organizar a geladeira?

Nas prateleiras superiores armazenar os alimentos preparados e prontos para consumo, nas prateleiras do meio os produtos pré-preparados e nas prateleiras inferiores, os alimentos crus;

Os alimentos não perecíveis devem ser armazenados em prateleiras ou armários limpos, arejados e afastados dos produtos de limpeza e outros com odor forte;

OVOS: Colocar na prateleira do meio ou inferior no fundo (sem encostar-se à parede) onde a temperatura não varia tanto e é mais fria;

LEITE: Deve estar na prateleira do meio no fundo (sem encostar-se à parede) onde a temperatura é mais fria. Nunca armazenar na porta da geladeira;

IOGURTE, CREME AZEDO E QUEIJO COTTAGE: Melhor guardar na prateleira do meio no fundo (sem encostar-se à parede) onde a temperatura é mais fria;

CARNE CRUA EMBALADA: Deve ser armazenada na prateleira inferior no fundo super frio (sem encostar-se à parede), pois se o caldo escorrer, não contaminará todos os alimentos;

VEGETAIS: Eles permanecem frescos por mais tempo com um pouco de umidade. A gaveta é o local úmido da geladeira e bom para guardá-los. O importante é armazenar na embalagem original ou em bolsa de plástico, ligeiramente amarrada. No caso das alfaces ensacadas, elas devem ser mantidas em suas embalagens, mas certifique-se de que a bolsa tenha perfurações, pois a umidade sem oxigênio pode levar ao acúmulo de bactérias;

OBS: Se você tiver duas gavetas, use uma exclusivamente para vegetais e a outra exclusivamente para carne crua.

FRUTAS: Devem permanecer em gaveta diferente dos vegetais, com baixa umidade. É importante manter a embalagem original ou em bolsa de plástico, ligeiramente amarrada;

MANTEIGA E QUEIJOS MACIOS (tipo brie e de cabra): Estes não precisam estar super frios e por isso, podem ser armazenados na prateleira superior;

OBS: É aconselhável cobrir firmemente os queijos abertos (sejam macios ou duros) em embalagem plástica para ajudar a protegê-los da umidade e do molde.

CONDIMENTOS E TEMPEROS: Os condimentos geralmente possuem vinagre e sal, que são conservantes naturais. Portanto, ketchup, maionese, picles e molho de salada podem ser armazenados na porta da geladeira;

OBS: O azeite de oliva e os óleos vegetais podem permanecer na despensa, mas óleos como os de linhaça, gergelim e nozes, devem ficar na porta da geladeira;

SUCOS: Os sucos podem ser armazenados na porta, desde que sejam pasteurizados. O suco natural fresco da fruta deve ser armazenado na prateleira do meio.

Sobre Carolina Garcia Monçôres

Nutricionista clínica, mestre em nutrição humana pela UFRJ, com especialização em fitoterapia aplicada à Nutrição, cursando a pós-graduação em oncologia. Realiza atendimento ambulatorial personalizado no Rio de Janeiro com foco especial para pacientes com obesidade, sobrepeso, diabetes mellitus, câncer e comorbidades.
CRN: 12100886
Email: [email protected]

Compartilhe !