Banana: o alimento dos atletas

Banana: o alimento dos atletas

Os seres humanos comem banana à cerca de quatro mil anos, quando ainda era cultivada na Índia. Por isso, é compreensível que, no século XII, os médicos prescrevessem bananas para os doentes, devido a sua alta taxa de potássio, que beneficia o coração e o sistema muscular.

Por ser um ótima fonte de energia, a banana é um dos alimentos preferidos dos atletas e praticantes de atividade física, e sua safra vai de janeiro a julho.

Entre as frutas macias, as pessoas preferem comê-las, mais do que a utilizam na produção de sucos. Entretanto, é uma fruta muito versátil e número 1 quando o assunto é vitaminas, ou seja, energia! Desta forma, a banana, pode ser usada junto com preparações salgadas ou doces ou até para matar aquela vontade de comer docinho.

Por exemplo, misture banana com suco de morango ou maçã e faça um shake ou coloque banana com canela e aveia no forno e mate a vontade do doce. Ela concentra a frutose e a canela ajuda a cortar a vontade do doce, a aveia rica em fibras ajuda na saciedade, ou utilize a banana no bolo e não precisa adicionar açúcar na massa.

Estratégia Low carb não pode banana ?!

A banana foi muito criticada a pouco tempo pelos adeptos da estratégia alimentar Low Carb por conter em sua composição, em unidade média (70g), 15 g de carboidrato e quando comparada ao abacate (70 g) contem 5 g de carboidrato e 11 g de gordura.

Então não poderia banana nas dietas Low carb, porém sabe-se que nessa estratégia não é somente quantidade de carboidrato de um única refeição e sim total diário. E caso queira utilizar a banana por suas outras propriedade ela pode sim entrar nessa estratégia de forma harmonizada com os outros carboidratos no dia. Como toda estratégia alimentar, o mais importante é variedade de nutrientes que de consome.

Amiga do sistema digestivo

A banana é conhecida como um dos mais completos alimentos, pois constitui uma fonte de carboidrato, potássio, sódio, fósforo, cloro, magnésio, enxofre, silício, cálcio e vitaminas A, B1, B2 e C.

Ela é nacionalmente conhecida por ajudar a “prender o intestino” pelo tipo de fibra presente na sua composição solúvel, porém a banana contém fibra o que ajuda a regularizar o intestino, por isso deve ser consumida mesmo por quem apresenta “prisão de ventre”. Além disso, esse teor de fibra ajuda muito na saciedade e seu teor de potássio é ótimo para regularizar os movimentos (peristálticos) intestinais.

Bom para bêbes e crianças

Quando falamos das bananas, estamos falando sobre um importante composto vitamínico, importante para crescimento e desenvolvimento dos bebês e crianças. Desta forma, a fruta é uma das preferidas desse grupo e pelos pais.

Já tem sabor mais adocicado que é de mais fácil aceitação, o fácil de transporte para qualquer local e de manuseio pelos bebes e crianças.

Função muscular adequada e pressão em dia!

Como fonte de potássio, a banana possui este mineral que contribui para uma função muscular adequada. Indivíduos que utilizam diuréticos, para tratamento de pressão alta, que podem eliminar potássio pela urina, a banana é ótima para sua reposição.

Ela também pode ser aliada no combate da “pressão alta”, já que o potássio ajuda na contração adequada dos vasos sanguíneos diminuindo a retenção de líquidos e favorecendo a diminuição da pressão, e ajuda a regular o equilibro de sódio e potássio, importante para manter a pressão adequada.

Insônia e bom humor

Você sabia que a banana possui triptofano? Que nome complicado, não é mesmo? Pois saiba que essa palavrinha é um aminoácido que age direto no hormônio como precursor de hormônios como serotonina que ajuda a regularizar o sono.

Isso quer dizer que a banana é uma ótima pedida para se degustar antes de dormir? Em alguns casos sim, principalmente associada a aveia que também ajuda na produção desse hormônio. Desta forma, podemos dizer que ela também tem uma capacidade de nos acalmar.

Auxílio no emagrecimento

Muito utilizada também na mesa como sobremesas, as bananas ajudam a controlar a vontade de sair comendo tudo o que vemos pela frente, pois ela propicia mais sensação de saciedade do que muitos outros alimentos que consumimos.

Lembra do “triptofano” que falamos acima? Então, o mais importante é você saber que ele controle a compulsão por doces! Assim, além de ser uma fruta muito amiga para quem está apresentando compulsão por doces.

Sobre Fernanda Mululo

Nutricionista clínica pós-graduada em nutrição funcional e fitoterapia. Atua no atendimento exclusivo e individualizado a pacientes com diversas necessidades e objetivos. Desde de sua formação trabalha com mulheres portadoras de endometriose e em pré e pós operatório de cirurgias diversas. Nutricionista Staff do Hospital Universitário Pedro (HUPE/UERJ) na área materno infantil, trabalha também em parceria com clínica de estética e com equipe de gastroenterologista no tratamento de pacientes com Doença Inflamatória Intestinal. Dedica total atenção aos pacientes, permitindo a troca de experiências para o avanço no tratamento ou na mudança do estilo de vida.
CRN 11100927 www.fernandamululo.com.br

Compartilhe !